Aporte financeiro: é melhor por mês ou de uma vez? - Portal Economia

Aporte financeiro: é melhor por mês ou de uma vez?

aporte financeiro Economia e vida

Um dos maiores problemas das finanças pessoais é decidir a melhor maneira de fazer um aporte financeiro.

Se você tem R$ 10, R$ 10.000 ou R$ 10 milhões para aplicar, a questão é:

Você deve aportar todo esse dinheiro ao longo do tempo (aporte regular) ou de uma só vez (aporte único)?

Como investidores, muitas vezes enfrentamos o dilema de querer um preço alto da ação ao vender, mas não ao comprar.

Às vezes, esse dilema faz com que os investidores esperem a queda do preço, podendo correr o risco de ver o preço da ação continuar subindo.

É assim que os investidores são enredados no momento do mercado em declínio, o que não é aconselhável para estratégias de investimento de longo prazo.

Neste artigo, analisaremos duas estratégias de aportes financeiros projetadas para compensar nossa tendência natural para o market timing e compensar alguns dos riscos envolvidos escolhendo entre as estratégias: Dollar Cost Averaging (DCA), Value Averaging (VA) ou Lump Sum (LS).

O que são as estratégias de aportes financeiros LS, DCA e VA?

Para eliminar qualquer confusão sobre as terminologias das formas de aportes financeiros, vamos inciar definindo cada uma das estratégias de aportes que abordaremos logo mais.

  • Aporte único (Lump Sum – LS): O ato de investir todos os fundos disponíveis de uma só vez. O valor investido não é importante, o importante é investir todo o valor imediatamente.
  • Aporte regular (Dollar Cost Averaging – DCA): O ato de investir todos os fundos disponíveis ao longo do tempo. Com o tempo, cabe a você decidir como investir esses fundos. No entanto, o método típico é pagar a mesma quantia dentro de um determinado período de tempo (ou seja, pagar uma vez por mês durante 12 meses).
  • Aporte valor médio ( Value Averaging – VA): O ato de investir mais quando o preço da ação cai e menos quando o preço da ação sobe. A média do valor é realizada calculando montantes predeterminados para o valor total do investimento em períodos futuros e, em seguida, fazendo um investimento para igualar esses montantes em cada período futuro.

Como funciona o aporte financeiro regular (Dollar Cost Averaging – DCA)?

DCA é uma estratégia de aporte financeiro em que os investidores alocam um montante fixo de fundos em uma base regular, geralmente menos de um ano (mensal ou trimestral).

DCA é geralmente usado para investimentos voláteis, como ações, FIIs ou FIs em vez de títulos ou CDBs.

Essa é uma boa estratégia para investidores com baixa tolerância ao risco.

Se você tem uma quantia fixa de dinheiro para investir e aportar tudo no mercado de uma vez, corre o risco de comprar nos horários de alta. Se o preço cair, isso pode causar prejuízos.

Essa possibilidade de queda de preços é chamada de risco de tempo.

O valor fixo pode ser negociado no mercado com um valor menor usando DCA, reduzindo assim o risco e o impacto de qualquer mudança no mercado único e diversificando o investimento ao longo do tempo.

Por exemplo, suponha que, como parte do plano de aporte financeiro DCA, você invista R$ 1.000 por mês durante quatro meses.

Se o preço no final de cada mês for R$ 45, R$ 35, R$ ​​35, R$ ​​40, seu custo médio será R$ 38,75.

Se você investisse o valor total no início do investimento, seu custo seria de R$ 45 por ação.

No plano DCA, você pode evitar esse risco de tempo e aproveitar os benefícios de baixo custo dessa estratégia, diversificando assim seus custos de investimento.

Como funciona o aporte financeiro de valor médio (Value Averaging – VA)?

Uma estratégia de aporte financeiro muito popular é a média do valor, que visa aumentar o investimento quando os preços das ações caem e reduzir o investimento quando os preços das ações sobem.

A média do valor é realizada calculando um valor predeterminado do valor total do investimento no período futuro e, em seguida, fazendo um investimento igual a esses valores em cada período futuro.

Por exemplo, suponha que você determine que, ao fazer investimentos adicionais, o valor do seu investimento aumentará em R$ 500 a cada trimestre.

No primeiro período de investimento, você investirá R$ 500 a um preço de R$ 10 por ação.

No próximo período, você tem certeza de que o valor do seu investimento aumentará para R$ 1.000.

Se o preço atual for R$ 12,50 por ação e o valor da posição original for R$ 625 (50 ações vezes R$ 12,50), você só precisa investir R$ 375 para colocar o valor do seu investimento em R$ 1.000. Faça isso até que o valor final do portfólio seja alcançado.

Conforme o preço sobe, o seu aporte financeiro diminui, se o preço cair, seu aporte financeiro aumenta.

Portanto, a estratégia de Value Averaging não é investir um valor definido em cada período, mas sim investir com base no tamanho total da carteira em cada ponto.

Quando os preços caem e você investe mais dinheiro, acaba com mais ativos. (Isso também acontece com DCA, mas em menor grau.) A maioria das ações é comprada a preços muito baixos, de modo que você pode obter o máximo de retorno ao vendê-las.

Em alguns casos, como um aumento repentino no valor de mercado de suas ações ou fundos, a média pode até exigir que você venda algumas ações (venda na alta e compre na baixa).

De um modo geral, a média do valor é uma escolha de timing de mercado simples e mecânica, que ajuda a minimizar alguns riscos de timing.

Como funciona o aporte financeiro único (Lump Sum – LS)?

O aporte financeiro de valor único significa que você usa todos os fundos disponíveis para investi-los e aplicá-los no mercado de ações.

É o oposto dos aportes regulares. Você não espera para investir, pois tudo vai para o investimento de sua escolha imediatamente.

Se você pretende reter dinheiro para investimentos futuros, classificaríamos como um aporte financeiro regular. Mas você ainda pode fazer um investimento regular e tratá-lo como um investimento único.

Por exemplo, suponha que você receba um bônus trimestral de R$ 10.000.

Cada vez que você recebe esse bônus, você decide aportar ele. Mesmo se você fizer um aporte financeiro regular, ainda será um investimento único. A razão é que você não pretendia reter o dinheiro no futuro.

Se, em vez disso, você pegasse o bônus trimestral de R$ 10.000 e o distribuísse ao longo do próximo trimestre, em três parcelas mensais iguais, isso seria a média do custo em dólares.

Pode parecer mera semelhança, mas quando você olha os dados, a diferença pode realmente significar mais ou menos dinheiro em seu portfólio.

Escolhendo entre as estratégias de aportes DCA e VA

Ao usar DCA (aportes regulares), os investidores sempre fazem o mesmo investimento regular. A única razão pela qual compram mais ações é quando o preço é mais baixo porque o custo das ações é mais baixo.

Em contraste, para VA (aporte de valor médio), os investidores comprarão mais ações por causa dos preços mais baixos, e essa estratégia garante que a maior parte do investimento seja gasta na compra de ações a preços mais baixos.

VA exige que mais dinheiro seja investido quando o preço das ações está baixo e limita o investimento quando o preço das ações está alto, o que significa que, no longo prazo, geralmente produz um retorno do investimento significativamente maior.

Todas as estratégias de redução de risco têm suas vantagens e desvantagens e o DCA não é exceção. Em primeiro lugar, se o seu investimento continuar a aumentar após o primeiro período de investimento, você correrá o risco de perder retornos mais elevados.

Além disso, se você guardar poupar dinheiro, o dinheiro que está esperando para ser investido não garante quanto retorno você receberá apenas por ficar parado ali.

No entanto, uma queda repentina no preço não terá um impacto em seu portfólio como o seu investimento único.

Alguns investidores que se envolvem em DCA irão interromper as perdas e reduzir as perdas após a queda; mas, esses investidores realmente perderam o principal benefício do DCA – comprar mais ações em um mercado em queda e, assim, aumentar seus ganhos quando o mercado subir.

Ao usar a estratégia DCA, é importante determinar se as razões por trás do declínio tiveram um impacto significativo sobre as razões de investimento.

Caso contrário, você deve manter sua estratégia e comprar ações para obter um melhor retorno. Outro problema com o DCA é determinar o período de tempo durante o qual a estratégia deve ser usada.

Se você quiser poupar uma grande quantia de dinheiro, você pode querer distribuí-lo por um ou dois anos, mas exceder esse período pode resultar na perda da recuperação geral do mercado, porque a inflação reduzirá o valor real da moeda.

Para a VA, um problema potencial com a estratégia de investimento é que em um mercado em baixa, os investidores podem fazer o maior investimento necessário antes que a situação mude, ficando sem fundos.

Depois que a carteira crescer mais, esse problema será ampliado. Neste momento, a redução das contas de investimento pode exigir um grande volume de investimento para manter a estratégia de VA.

Conclusão

A vantagem do método de aporte financeiro DCA é que ele é muito simples de implementar e seguir, mas é difícil de obter grandes retornos.

O DCA também é atraente para os investidores que estão chateados com o fato de as estratégias de VA às vezes exigirem contribuições de investimento mais altas. Para investidores que buscam o maior retorno, a estratégia VA é preferível.

A razão para usar DCA e VA depende de sua estratégia de investimento. Se o aspecto de investimento passivo do DCA for atraente, encontre um portfólio com o qual você esteja satisfeito e aplique a mesma quantidade de fundos mensal ou trimestralmente.

Se você deseja fazer um aporte completo, pode depositar seu dinheiro parado em uma conta digital com rendimentos atrelados à Selic.

Em contraste, se você tem ambição suficiente para fazer um pequeno investimento ativo a cada trimestre ou mais, o valor médio pode ser uma escolha melhor.

Em ambas as estratégias, assumimos um método de compra e manutenção – você encontra uma ação ou fundo de sua confiança e compra o máximo possível ao longo dos anos, exceto se o preço for muito alto.

Venda somente quando o preço estiver alto.

O lendário investidor em valor Warren Buffett sugere que o melhor período de manutenção é para sempre. Se você deseja comprar na baixa e vender na alta no curto prazo, como um dia de negociação, o DCA e a média do valor podem não ser a melhor estratégia de investimento.

No entanto, se você adotar uma abordagem de investimento conservadora, isso pode apenas fornecer as vantagens necessárias para atingir seus objetivos.

Classifique o artigo
Compartilhe com seus amigos
Portal Economia
Deixe seu comentário